Home | BlogConheça a história do bairro Bela Vista

A história do bairro Bela Vista, um dos mais tradicionais da cidade de São Paulo, se confunde com a da própria metrópole. Tem a ver com cultura, gastronomia, povos de diferentes regiões do Brasil e do mundo, além de uma identidade própria.

A região tem macarrão todos os dias, além de samba e muitos moradores que falam com a mão. Nas ruas, cantinas ou padarias centenárias, que fazem o pão quentinho com receitas vindas da Itália, é possível sentir o clima amistoso da Bela Vista.

Vamos juntos fazer uma viagem ao passado e conhecer a bonita história do bairro da Bela Vista? Acompanhe!

O começo da história do bairro Bela Vista

A Bela Vista, bairro ítalo-paulistano, faz parte da história dos inúmeros imigrantes que chegaram em São Paulo entre o fim do século XIX e o começo do XX.

Ela nasceu de uma região chamada de Campos do Bexiga, que concentrava inúmeras propriedades rurais e era ponto de passagem das tropas que vinham de cidades como Santo Amaro — antes de ser bairro — e Itapecerica.

Negros escravizados, que conseguiam fugir, também se refugiavam por lá.

O dono dessas terras, até 1870, era Antônio José Leite Braga, cujo apelido era Bexiga. O motivo foi ter sido acometido por varíola — também chamada pelo mesmo apelido de Antônio.

Mas, o nome Bexiga, por remeter a uma doença, foi trocado pelos moradores por Bixiga.

O imperador D. Pedro II iniciou o loteamento dessas terras em 1º de outubro de 1878, quando surgiram algumas casas modestas nas quais viviam artesãos e pequenos comerciantes.

A chegada dos imigrantes do sul da Itália e, tempos depois, a libertação dos negros escravizados, fez o bairro crescer. Ele, que se chamava Bexiga, recebeu o nome Bela Vista em 1910.

Três anos antes, surgia a cantina Capuano — que funcionou até 2018 e era a mais antiga da cidade de São Paulo em funcionamento ininterrupto.

A construção da paróquia Nossa Senhora da Achiropita

Você com certeza já deve ter ouvido falar da Festa de Nossa Senhora da Achiropita, uma das celebrações italianas mais tradicionais de nosso país.

Ela ocorre anualmente na Rua 13 de Maio e chegou, em 2019, a sua 93ª celebração — reunindo moradores de diversos bairros em busca das deliciosas e fartas receitas italianas.

A construção dessa paróquia, que ocorreu em 1926, foi marcante para a região. A partir dela, surgiram outros empreendimentos e o bairro paulistano acelerou seu crescimento.

A Broadway Paulistana ficava na Bela Vista

Antes do fim da primeira metade do século XIX, precisamente em 1948, ocorreu a inauguração do Teatro Brasileiro de Comédia, na Rua Major Diogo. Outros palcos surgiram depois desse e a boemia se instalou nas ruas da região.

Foi assim que nasceu o teatro moderno brasileiro!

Adoniran Barbosa, sambista-símbolo do bairro, se identificou com a Bela Vista e por lá permaneceu. Em 2013, 18 semáforos da região, para travessia de pedestres, ganharam o rosto de Adoniran.

Os anos 1950 começaram com a Bela Vista ocupando o primeiro lugar entre os subdistritos mais populosos de São Paulo. Eram mais de 17.560 habitantes. Na atualidade, são aproximadamente 70 mil pessoas.

A Bela Vista e sua localização privilegiada

Localizado próximo ao Centro, o bairro Bela Vista recebeu o melhor da infraestrutura de uma cidade que não para de crescer.

Possui duas estações de metrô (Brigadeiro e Trianon-MASP, ambas da Linha Verde), além de ficar ao lado de outras quatro (Vergueiro, São Joaquim e Japão-Liberdade, da Linha Azul, além da Anhangabaú, da Linha Vermelha).

O bairro também é cercado por importantes vias, como Rua da Consolação, Avenida Paulista, Avenida 23 de Maio e Viaduto Júlio de Mesquita Filho.

Importantes hospitais se concentram na Avenida 9 de Julho, que possui corredor de ônibus que corta o bairro de Norte a Sul.

A boemia se concentra nas ruas Augusta e Oscar Freire, enquanto os teatros Gazeta, Bibi Ferreira, Ruth Escobar, Ágora, Vertigem, Sérgio Cardoso, Raul Cortez, Ribalta e outros expandiram o palco do antigo Teatro Brasileiro de Comédia.

Supermercados, farmácias, escolas e outros serviços ajudam a deixar a Bela Vista como uma excelente opção para morar, pois oferecem a qualidade de vida que você deseja.

Agora que você conhece a história do bairro Bela Vista, visite nosso apartamento decorado no Bem Viver Bela Vista e descubra um jeito novo de morar em São Paulo!

Conheça um pouco mais sobre programa Minha Casa Minha Vida

Você tem a possibilidade de comprar um apartamento na melhor região do Centro de SP, com as menores taxas de juros, parcelas reduzidas que cabem no seu bolso.

Poderá utilizar seu FGTS e ainda ganhar um benefício do Governo para compor o valor de sua entrada. Confira aqui as informações mais importantes e os vídeos que preparamos para tornar a aquisição de seu apartamento o mais fácil possível.

Benefícios

i. Taxas de Juros: As taxas de juros do Programa Minha Casa Minha Vida são utilizadas no Bem Viver São as menores do mercado e partem de 5% ao ano.

ii. Subsídios: A Caixa Econômica Federal fornecesse subsídios que podem chegar até R$ 29.000,00. Esse valor vai depender de todas as informações que vocês passar para gente pode fazer a sua simulação.

iii. Parcelas Reduzidas: As parcelas mensais que você paga no financiamento de seu apartamento BEM VIVER pelo Minha Casa Minha Vida são baixíssimas e isso lhe ajudará a sair do aluguel ou comprar sua primeira casa própria.

iv. Utilize o seu FGTS: Comprar o seu apartamento Bem Viver é uma forma de você utilizar o seu FGTS na planta do imóvel.

v. Despesas com Escritura: as suas despesas para compra do BemViver são reduzidas pois o empreendimento está cadastrado no Programa Minha Casa Minha Vida.

Sobre sua renda

A renda do interessado deve ser FORMAL e será levada consideração o seu valor BRUTO. Também é possível COMPOR renda, ou seja : você pode comprar junto com seu marido/esposa, namorado/namorada irmã(ão) ou amigo(a).

Portanto, A renda mensal composta (dos compradores) não pode ultrapassar R$ 5.988,00.

Lembre-se de que você não pode ter nenhum outro imóvel e financiamento em seu nome (casa, carro, empréstimos ou outros) pois isso irá comprometer a análise de seu financiamento.

Documentos necessários

Para dar início ao processo de financiamento, será necessário que você forneça seus documentos Pessoais, os documentos sobre a sua Renda e o Extrato de seu FGTS caso você tenha.

Lembre-se que Documentos Legíveis e Ficha de Cadastro bem preenchida resultam numa Aprovação muito fácil e rápida.

a. Documentos Pessoais:

i. Documento de identidade (RG, CNH, Carteira Profissional).

ii. Comprovante de endereço atualizado.

iii. Certidão de estado civil (nascimento/casamento).

b. Documentos de Comprovação de Renda:

i. 3 últimos holerites ou se empresário os 3 últimos pró-labores.

ii. Carteira Profissional (Foto, qualificação, todos os registros) ou contrato social e ultimas alterações.

iii. Imposto de Renda com recibo de entrega.

c. Extrato atualizado do FGTS.

Simulação e aprovação do seu crédito

Nessa etapa, você já forneceu todas as informações necessárias para que possamos fazer uma simulação e aprovação do seu Financiamento. Nosso consultor irá simular qual é o valor que Caixa Econômica Federal irá disponibilizar para financiar a sua casa, bem como as taxas de juros e subsídios. Não esqueça de solicitar também quais são os valores de despesas para aquisição de sua unidade, que no Bemviver serão reduzidas.

A sua segurança

Adquirir um apartamento BEM VIVER pelo Programa Minha Casa Minha Vida é uma garantia para sua Segurança. Isso por que, ao assinar o seu financiamento você também está assinando a sua Escritura Pública de seu apartamento.

E essa e a sua maior segurança: nesse momento você passa a ser proprietário de sua parte no terreno e de tudo que será construído na sua unidade. Tudo entregue por uma empresa que atua há mais de 45 no mercado de construção civil.

Logo rbianco
Logo rbianco